Gameworld

Recomendados

Confira 13 gameshows que marcaram a tv brasileira e mereciam retornar para a nossa telinha

Teste gratuitamente Diablo III e faça parte desta aventura assustadora

A oitava temporada de Doctor Who estreia dia 23 de agosto. Confira 10 fotos com o novo Doutor

A ameaça do monstro dos biscoitos paira sobre os Power Rangers neste video feito por fãs

Composto de várias modalidades de jogo, Diablo 3 tem várias opções para o jogador. Conheça

Galerias

Quadrinhos
Uma sacolada de mudanças na Liga da Justiça

20/01/2014

Por Douglas Yung

Depois de serem sumariamente derrotados pelo perigosíssimo Sindicato do Crime e contarem com uma série de pequenos milagres pra escapar, as duas Ligas da Justiça se preparam para o próximo passo de suas respectivas evoluções. O título principal, JUSTICE LEAGUE, vai tomar o sacode mais forte, passando por mudanças em sua formação. Mudanças visíveis e... peculiares. Como vocês já viram ali em cima, Lex Luthor entra pra principal superequipe do Universo DC, e ele está trazendo junto o Capitão Frio, vilão do Flash que foi um de seus principais aliados contra o Sindicato do Crime da Terra-3. Geoff Johns (Lanterna Verde, The Flash), que continuará na revista, nos conta como as coisas se darão, e que Lex não tem idéia do alvo que pintou em si:

"Será que ele vai liderar a Liga? Depende pra quem você perguntar no time. Ele com certeza acha que devia. Nesse mundo pós-Forever Evil, eles vão ter que reconstruir não só as várias cidades destruídas pelo domínio do Sindicato, mas também suas reputações e dinâmicas. Muito da culpa do que houve recai sobre os ombros deles, eles foram infiltrados, brigaram entre si e o mal tomou conta de tudo debaixo dos narizes de todos. O conceito entre bem e mal vai ficar meio borrado daqui pra frente, com a Liga procurando heróis que não só protejam o mundo, mas que sejam capazes de defendê-lo, de verdade. Claro que com a fama e o destaque vem o escrutínio do público e os detratores, os críticos. O que eu acho mais interessante e quero contar é como Lex Luthor não percebe no que acarreta ser um super-herói, como é essa vida. Você faz inimigos, e eles podem te atacar a nível pessoal. E ele é o Lex Luthor, sem codinome, sem máscara. E vamos ver as ramificações disso."

A formação da equipe ficará sendo Batman, Mulher-Maravilha, Cyborg, Shazam, Aquaman, Capitão Frio e Lex Luthor. E quanto a Superman e Flash? Só saberemos em abril. Geoff Johns continua escrevendo o título com Ivan Reis na arte, e a bela capa que viram lá em cima pertence a Justice League #30Do outro lado, em Justice League of America, já começamos informando que o título será cancelado.

E em seu lugar, surge JUSTICE LEAGUE UNITED, tudo novo, vida nova, time de criação novo, base nova e alguns caras da antiga formação.

Jeff Lemire (Animal Man) escreve e Mike McKone (Teen Titans) desenha o título, que originalmente se chamaria Justice League Canada, pra refletir a nova escolha de Quartel-General. Inicialmente contando com Supergirl, Arqueiro Verde, Caçador de Marte, Stargirl, Homem-animal e o recém-recriado Adam Strange (que agora é canadense), a equipe também operará fora da Terra com frequência. Inclusive ganharão um membro novo assim que forem pra fora do planeta, o Gavião Negro, logo no segundo arco de histórias, onde a equipe viajará para Rann (Planeta de onde vem a tecnologia usada por Adam Strange) e Thanagar (planeta-natal do Gavião). Além de Katar Hol, outro novo membro é Alanna Strange, esposa de Adam, que nessa versão será bem mais proativa, incluindo-se no campo de batalha. "O Adam vai ser mais nerdinho, cientista, e a Alanna vai tentar preencher a vaga dele nas brigas", diz Lemire. Uma garota nativa da região, cujos poderes e descendência serão da tribo Cree também entrará no time, vindo da região onde a equipe fixará sua base. Lemire, também canadense passou os últimos meses viajando pelo norte de Ontario, conhecendo os jovens locais e coletando suas opiniões. "Foi muito importante pra mim tentar refletir esses aspectos diferentes da nossa cultura. Eu não quero criar um estereótipo caricato, quero mesmo criar um personagem que represente esse aspecto, esse povo. É o meu trabalho mais gratificante até agora na editora, e eu quero que todos leiam e gostem."

Ambas as Ligas da Justiça começam seus novos caminhos em abril de 2014, em Justice League #30 e Justice League United #0.