Gameworld

Recomendados

Qual foi a pior versão: Eliana com Pokémon ou Angélica com Digimon?

Confira os planos de assinatura da Nintendo World e Nintendo Collection

Galerias

Cinema
5 filmes sobre o Muro de Berlim


Hoje o mundo comemora 20 anos da queda do Muro de Berlin.

O muro, mais do que uma divisão física entre as duas metades de uma cidade, simbolizava a divisão mundial entre comunistas e capitalistas.

Sua destruição pelas mãos do povo naquele 9 de novembro de 1989 significou para muitos historiadores o fim do século XX – alguns se arriscaram a proclamar o fim da história, já que não haveria nada mais que ameaçasse a estabilidade política mundial a partir daquele momento.

Especulações e teorias furadas à parte, que tal comemorar essa data com alguns excelentes representantes desse país que tem uma das maiores tradições cinematográficas do mundo?

Na MOVIE 2, você tem uma lista de 10 filmes que mostram a capital alemã em diversos momentos da sua história. Aqui, nós mostramos 5 deles.

 

Asas do Desejo (Wim Wenders, 1987)


Não é à toa que o nome original de um dos mais famosos filmes de Wim Wenders é Der Himmel übber Berlin(O Céu sobre Berlim). Rodado em Berlim Ocidental no final dos anos 80, traz inesquecíveis imagens aéreas da capital alemã. Além disso, tem várias cenas filmadas ao longo do muro, que apresenta-se ora tomado por grafites, ora por arame farpado. Através dos anjos Damiel (Bruno Ganz) e Cassiel (Otto Sander) o diretor vasculha o comportamento da população da cidade e o que ela vê, sente e sonha. Entre os personagens que os dois acompanham por suas caminhadas estão uma trapezista, um ator e um poeta idoso. A cena em que ele (ironicamente chamado Homer, como o bardo grego), acompanhado por Cassiel, tenta encontrar a Potsdamer Platz - um dos marcos da cidade - em meio a um terreno baldio margeando o muro é uma das tocantes do filme.

Disponível em DVD pela Europa Filmes.


Corra, Lola, Corra (Tom Tykwer, 1998)


Em Corra, Lola, Corra, Tom Tykwer desafia os espectadores a acompanharem, em ritmo frenético, quase de videoclipe, a saga de Lola (Franka Potente), a garota de cabelos vermelhos que é a síntese da Berlim moderna. A história começa quando a moça esquece de buscar o namorado, Manni (Moritz Bleibtreu) ao final do expediente. Pouco tempo depois, recebe um telefonema desesperado: Manni, que é coletor de uma rede de mafiosos, acaba de esquecer uma sacola de 100 mil marcos no metrô que pegara na estação Deutsche Oper. O rapaz tem um encontro com seu chefe em 20 minutos para lhe entregar o dinheiro e, para ajudá-lo, Lola corre por ruas e praças como a Gendarmenmarkt, um dos mais belos cenários da capital alemã. Tykwer conta a história de três maneiras diferentes, com finais igualmente surpreendentes.

Disponível em DVD pela Sony Pictures

 

 
O que fazer em caso de incêndio (Gregor Schnitzler, 2001)

Seis amigos anarquistas e cinéfilos vivem durante um tempo em um squat - prédio ocupado - Kreuzberg, bairro famoso por abrigar a cena punk e alternativa dos 70 e 80. Depois de 15 anos, quase todos deixaram o idealismo de lado: Maik (Sebastian Blomberguer) tornou-se diretor de uma grande empresa de publicidade. Terror (Mattias Matchke) é um advogado promissor; Flo (Doris Schretzmayer) está noiva de um homem bem sucedido e Nele (Nadja Uhl) é uma mãe solteira que vê na maternidade uma missão. Apenas Tim (Til Schweiger) e Hotte (Martin Feifel) seguem acreditando nos ideais da juventude. Entretanto, todos têm de se juntar quanto parte dos filmes retratando as ações que fizeram nos anos 80 cai nas mãos da polícia, mesmo a contragosto.

Disponível em DVD pela Sony Picture


Adeus Lênin (Wolfgang Becker, 2003)

Pouco tempo antes da queda do muro, a socialista Christiane Kerner (Katrin Sass) entra em coma. Oito meses depois ela retoma a consciência, mas seu médico recomenda cuidados à família, pois a matriarca deve ser poupada de qualquer forma de choque. É aí que entra a dedicação de seu filho Alex (Daniel Brühl), que com a ajuda do amigo Denis (Florian Luckas), da irmã Ariane (Maria Simon) e da namorada Lara (Chulpan Khamatova) recria a extinta Alemanha Oriental em seu apartamento. Alex percorre a Karl-Marx-Allee, célebre avenida da Berlim Oriental em busca de com produtos antigos para agradar à sua engajada mãe, num filme que mescla humor e drama em doses bem equilibradas.

Disponível em DVD pela Imagem Filmes.


A vida dos outros
(Florian Henckel von Donnersmarck, 2006)

O filme retrata os últimos anos da Alemanha dividida e as artimanhas da Stasi, a polícia política da República Democrática Alemã, em conter seus opositores. Em 1984, Gerd Wiesler (Ulrich Mühe, que morreu pouco depois da estréia do filme), agente da Stasi próximo da aposentadoria, comanda uma operação de escutas clandestinas no apartamento de um casal de artistas de Berlim Oriental, o escritor Georg Dreyman (Sebastian Koch) e a atriz Christa-Maria Sieland (Martina Gedeck). Pouco a pouco Wiesler vai se deixando fascinar pela vida e pelos ideais dos dois, numa prova de que nem sempre as posições de vítima e carrasco são muito definidas no cinema. Com locações como a Karl-Marx-Allee, o filme ganhou o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2007 e foi um sucesso na Alemanha, mesmo com a resistência de uma parte da população diante da história de horror da Alemanha Oriental.